Timebox desafiador, porém viável

Texto curtinho para falar sobre a duração das sprints em times Scrum! 🙂

Se aumentarmos a duração da sprint, entregaremos mais software com qualidade!

Sinto muito em decepcioná-los, mas isso não é verdade. Já passei por situações onde não pude fugir de aumentar o timebox da sprint. Em todas, o time não entregou mais; pelo contrário: entregou menos, com menor qualidade e fazendo cosplay da Corrida Maluca nos últimos dias de sprint.

Mas por que isso?

Pra começar, o timebox mais curto das sprints tem um propósito. O trabalho com o qual o time se comprometeu precisa ser desafiador, porém viável e intenso. O tempo curto para gerar incrementos ao produto faz com que haja cadência no trabalho.

It’s psychological!

Quando eu não consigo fazer as entregas e aumento o timebox, não estou fazendo uma mudança, mas me acomodando ao ambiente e a cultura que existe e deixando o status quo exatamente onde ele sempre esteve, só que dentro de uma unidade modernosa chamada sprint. Veja, não digo que todas as sprints do universo precisam ter 5 dias! Sim, é preciso avaliar o sistema para que, justamente, o timebox seja desafiador, porém viável (jamais me canso de repetir isso, pois é um ponto muito importante quando queremos chegar à alta performance).

Se eu acomodo o time em um timebox maior, onde o time se sente absolutamente confortável, eu posso começar a estimular a síndrome do estudante. Como aconteceu no meu caso, quando permiti que os times aumentassem a duração da sprint.

Um sintoma desta síndrome é claramente visto durante as reuniões diárias. No começo da sprint, ninguém tem problema ou impedimento. Ou nada é considerado um problema ou impedimento. Por que o ser humano tem fé em que dias melhores virão e que as coisas vão se resolver. E muitas vezes não se resolvem.

Burndown é outro ponto onde podemos identificar claramente a síndrome do estudante. Se as tarefas são entregues mais para o fim da sprint, é sinal que as pessoas estão confortáveis no começo e, talvez, desesperadas no final. É o burndown abismo nascendo.

O bom agilista (seja lá como você chama o papel na sua empresa) observa também a “dança” do time durante a sprint. Nos primeiros dias, a galera até joga uma partida de FIFA. Nos últimos, almoçam na mesa enquanto trabalham.

Isso é insustentável!

Bom mesmo é quando o time consegue acomodar a dor e a delícia de rodar Scrum durante toda a sprint! Bom mesmo é quando o ritmo se mantém sem “barrigas”.

E como conseguir o tempo ideal pra uma sprint? Através de experimentação, realizando o acompanhamento de indicadores do time e observando o comportamento das pessoas em toda a sprint.

Desafiador, porém viável! It’s psychological!

Marcelo L. Barros

Olá! Sou um cara criativo, curioso e detalhista, que, cada dia, mais se vê interessado em desvendar os mistérios desse "bicho gente"! Comecei minha carreira profissional em 1996, sou formado em Processamento de Dados pela FATEC de Santos. Naquela época tudo o que eu queria ter na minha frente era um computador e uma desafiadora regra de negócio, que se transformaria no melhor programa possível. Mas as coisas mudam! Concluí que quem faz software com qualidade são as pessoas e não as máquinas. Hoje, minha MISSÃO é ajudar pessoas e times a alcançarem seus objetivos, pois acredito que o sucesso pessoal e profissional está ligado a três pilares: FELICIDADE, MOTIVAÇÃO e SENTIDO. Como faço isso? 💡 MOTIVANDO pessoas, fazendo-as enxergar o 💡 SENTIDO das suas ações, que traz 💡 FELICIDADE por fazerem a diferença em suas vidas, suas empresas. Sou formado em Coaching pelo ICC e escrevo artigos sobre Métodos Ágeis, Comportamento, Inovação e Coaching. Vejo no lúdico a forma mais profunda de aprendizado. Procuro sempre conduzir reuniões de forma criativa, que tragam algum tipo de aprendizado aos participantes, seja por meio de dinâmicas de grupo ou jogos em equipe. Neste quesito, desenvolvi um jogo, a "Feijoada Ágil", para ensinar conceitos sobre trabalho em equipe. Se você, como eu, também acredita que eu posso te ajudar, deixe-me saber! Vamos tomar um café e, quem sabe, juntos podemos MUDAR O MUNDO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.