Team Building e Resoluções de Ano Novo

Nunca é tarde pra mudar! Você já deve estar cansado de ouvir isso! Também deve estar cansado de ouvir (ou mesmo fazer) resoluções de ano novo, que ficam solitárias anotadas em um caderno e jamais veem a luz do dia.

Pensando nisso, elaborei uma dinâmica bastante simples chamada Resoluções de Ano Novo. Esta dinâmica tem alguns objetivos bastante simples e diretos:

  • Fazer um time pensar em objetivos individuais e em grupo;
  • Transformar um grupo de pessoas em um time, que se importa uns com os outros e, por isso, se ajudam;
  • Fornecer um feedback sobre atitudes que precisam ser corrigidas por membros do time

Originalmente, usei o conjunto de cards “Resoluções de Ano Novo”, de Paulo Tadeu. Usar os cards facilita um pouco a dinâmica, à medida que limita o universo de resoluções que poderão ser escolhidas. Mas você pode, sem prejuízo nenhum para a facilitação, pedir para que as pessoas criem suas próprias resoluções.

Gosto de utilizar este tipo de card por que eles me permitem, enquanto facilitador, elaborar um número infinito de dinâmicas, de acordo com as necessidades específicas do grupo.

A seguir, exemplificarei uma facilitação simples, em 5 passos.

Minhas resoluções

Para começar, explico que o momento é ideal para pensarmos em nossas resoluções para o ano, fazer planos e tudo mais.

Começamos mais um ano e queremos que nossos objetivos sejam atingidos. Para isso, antes de mais nada, precisamos escolher nossas Resoluções de Ano Novo. Assim, gostaria que todos escolhessem duas resoluções para o ano que se inicia.

Ninguém está só

Aqui começa a parte interativa e colaborativa da dinâmica.

Pertencemos a um grupo com pessoas extremamente competentes e que podem nos ajudar, e muito, em nossos desafios. Você deverá escolher agora alguém neste grupo que poderá te ajudar a realizar suas resoluções. Pode ser uma pessoa para cada resolução ou uma para ambas. O importante é encontrar neste grupo alguém que vai te apoiar nesta jornada. E, se encontrar alguém com as mesmas resoluções que você, que tal fazerem isso juntos?

Depois da Inspiração, a transpiração

Dificilmente conseguimos alcançar um objetivo sem um plano…

Agora, escreva, junto com a pessoa que escolheu, um primeiro passo rumo à realização da sua resolução. Combinem uma data e horário para revisitarem esta primeira ação e planejarem a próxima. E continuem fazendo isso!

Feedback Sincero

Agora que já existe um clima de empatia entre as pessoas, vamos falar de coisas um pouco mais difíceis.

É preciso coragem e amor para dar e receber um feedback, de forma honesta. Escolha alguém que você gostaria muito que mudasse um comportamento e ofereça a ela, em forma de resolução de Ano Novo. Diga à ela como você se sente quando ela se comporta desta forma e ofereça esse grande presente. Ofereça seu apoio e ajuda nesta mudança, combinem uma ação que seja um passo em direção a esta mudança de comportamento. Tenha empatia…

Resumindo

A primeira parte da dinâmica cria empatia entre os participantes, pois elas escolhem suas resoluções e as pessoas que podem ajudá-la a chegar lá. Na segunda parte, o jogo se inverte, pois cada um pode receber um feedback sincero e honesto. Não esqueça de frisar que o feedbacker deve dizer claramente como se sente quando o outro se comporta de determinada forma. Ouvir o reflexo de suas ações no outro é um instrumento poderoso de conscientização, nos faz cair na real.

Tente fazer a dinâmica em um ambiente externo ao que as pessoas se reúnem. Vá para um café, um parque, coloque uma música de fundo. Crie um ambiente sensorial para potencializar a experiência.

Note que você criou vínculos entre as pessoas. Pode ser este o primeiro grande passo para que todo o grupo se transforme em um grande time de verdade.

E você, tem alguma resolução para o próximo ano? Posso te ajudar com ela?

Anúncios

Marcelo L. Barros

Olá! Sou um cara criativo, curioso e detalhista, que, cada dia, mais se vê interessado em desvendar os mistérios desse "bicho gente"! Comecei minha carreira profissional em 1996, sou formado em Processamento de Dados pela FATEC de Santos. Naquela época tudo o que eu queria ter na minha frente era um computador e uma desafiadora regra de negócio, que se transformaria no melhor programa possível. Mas as coisas mudam! Concluí que quem faz software com qualidade são as pessoas e não as máquinas. Hoje, minha MISSÃO é ajudar pessoas e times a alcançarem seus objetivos, pois acredito que o sucesso pessoal e profissional está ligado a três pilares: FELICIDADE, MOTIVAÇÃO e SENTIDO. Como faço isso? 💡 MOTIVANDO pessoas, fazendo-as enxergar o 💡 SENTIDO das suas ações, que traz 💡 FELICIDADE por fazerem a diferença em suas vidas, suas empresas. Sou formado em Coaching pelo ICC e escrevo artigos sobre Métodos Ágeis, Comportamento, Inovação e Coaching. Vejo no lúdico a forma mais profunda de aprendizado. Procuro sempre conduzir reuniões de forma criativa, que tragam algum tipo de aprendizado aos participantes, seja por meio de dinâmicas de grupo ou jogos em equipe. Neste quesito, desenvolvi um jogo, a "Feijoada Ágil", para ensinar conceitos sobre trabalho em equipe. Se você, como eu, também acredita que eu posso te ajudar, deixe-me saber! Vamos tomar um café e, quem sabe, juntos podemos MUDAR O MUNDO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s